Skip to main content

Observatório da Competitividade Fiscal 2019

Connecting thoughts with confidence

Atualmente com mais de 15 anos, o Observatório da Competitividade Fiscal é um barómetro da perceção que as maiores empresas a operar em Portugal têm das políticas fiscais adotadas pelos Governos e dos seus efeitos ao nível da competitividade das empresas portuguesas.

Através dos respetivos resultados, transparecem as considerações dos inquiridos sobre o impacte do enquadramento fiscal na economia portuguesa, em particular no desempenho esperado das suas empresas. Para além da avaliação da evolução do paradigma fiscal, é também auscultada a forma como os contribuintes e as autoridades fiscais se relacionam, permitindo assim, uma identificação dos pontos fortes e das áreas de melhoria do sistema fiscal português.

Conheça as principais conclusões do Observatório da Competitividade Fiscal 2019 da Deloitte:

  • A consolidação orçamental é, na opinião das empresas inquiridas, o objetivo para o qual o Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mais irá contribuir.
  • A percentagem de inquiridos que consideram o sistema fiscal português complexo e ineficaz desce ligeiramente, de 62% (OE2018) para 55%, indiciando uma perceção mais positiva.
  • A maioria dos inquiridos (65%) tende a discordar da afirmação de que a política do Governo contemplada no OE2019 representa um motor de desenvolvimento e favorece a competitividade das empresas nacionais.
  • O funcionamento da justiça é apontado como um dos principais obstáculos ao investimento em Portugal (56%), seguindo-se os custos de contexto/burocracia em geral (55%) e a instabilidade do sistema fiscal (49%).
  • As medidas em sede de IRS dividem, quanto à sua relevância, os inquiridos. Já o regime dos ex-residentes e a retenção na fonte sobre trabalho suplementar foram consideradas as medidas mais relevantes para 44% e 46%, respetivamente, dos participantes.

Explore o estudo em detalhe e fique a conhecer as conclusões sobre esta temática.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

If you would like to help improve Deloitte.com further, please complete a 3-minute survey