Salte para o conteúdo principal

Um novo paradigma de negócios para enfrentar as mudanças climáticas

A gestão ambiental como um imperativo de liderança

Com os eventos climáticos a ameaçarem os negócios e a sociedade em geral, aumentam as exigências sobre as empresas para uma gestão responsável do planeta. Que paradigmas os líderes precisam de repensar?

Dos muitos desafios dos tempos modernos, as alterações climáticas são as que têm maior projeção e manifestam maior preocupação. A ciência é unânime: os cientistas acreditam que a ação humana está a afetar o clima de uma maneira ameaçadora para a nossa civilização.

Este artigo aceita o consenso científico das alterações climáticas antropogénicas. A libertação na atmosfera de gases de efeito estufa (GEE) devido à queima de combustíveis fósseis levou a um rápido aumento (em termos geológicos) nas temperaturas médias da superfície terrestre. Na ausência de reduções rápidas na emissão de dióxido de carbono, metano e outros gases que retêm o calor, o aquecimento global será uma ameaça à nossa sobrevivência: Inundações crescentes, escassez de alimentos, calor extremo, incêndios florestais, etc. são uma evidência clara do impacto catastrófico para milhões de pessoas no mundo inteiro.

As empresas não estão imunes a esta dor: Quase 7.000 empresas que integram o Climate Disclosure Project estimam que enfrentam impactos da ordem de quase 1 trilião de dólares devido aos riscos das alterações climáticas, muitos dos quais avaliados como altamente prováveis e de impacto elevado. Um leque alargado de stakeholders – consumidores, colaboradores, financiadores e até ativistas pelo clima – pressiona cada vez mais empresas a agirem.

À medida que as causas e consequências do aquecimento global se tornam mais claras e a pressão de várias fontes aumenta, as empresas têm que responder com iniciativas em três dimensões:

  •  Mitigação
  • Adaptação
  • Criação de valor

Leia o relatório completo aqui.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

Se quiser ajudar a melhorar o site Deloitte.com, por favor preencha um formulário Inquérito de 3 minutos