Pular para o conteúdo principal

Regulamentando o futuro da mobilidade

Equilíbrio entre inovação e bem público em veículos autônomos, mobilidade compartilhada e muito mais

O novo ecossistema de mobilidade oferece o potencial para grandes benefícios - e interrupções. Quem garantirá que as tecnologias ainda não comprovadas aumentem a segurança e melhorem a vida das pessoas? O ônus provavelmente recairá sobre os órgãos reguladores.

Os desenvolvimentos tecnológicos estão impulsionando algumas das mudanças mais revolucionárias no transporte desde a invenção do automóvel. O resultado pode ser um novo ecossistema de mobilidade que permita que as pessoas e os bens se desloquem mais rapidamente, de forma mais barata, mais limpa e mais segura do que hoje, beneficiando viajantes individuais, governos, empresas e a sociedade em geral.

Com algumas exceções, os órgãos reguladores nos níveis nacional, regional e local não abordaram o futuro da mobilidade de forma a considerar toda a gama de oportunidades e impactos potenciais. Uma abordagem abrangente e voltada para o futuro em relação às novas tecnologias e serviços de mobilidade, baseada em dados e fundamentada em um conjunto de princípios subjacentes, pode ajudar os órgãos reguladores a elaborar orientações que garantam um sistema de mobilidade mais eficiente, eficaz e inclusivo.

Na pesquisa, olhamos para o horizonte e analisamos as considerações regulatórias mais amplas para três questões críticas de mobilidade:

  • Segurança e funcionalidade de veículos autônomos (AV)
  • Segurança e privacidade de dados
  • Gerenciamento da mobilidade para o bem público

Ninguém sabe ao certo quando, onde e como veremos carros autônomos nas ruas das cidades. Mas as agências não devem esperar que a tecnologia chegue ao próximo nível: Os órgãos reguladores devem se mobilizar e se envolver na elaboração de políticas e no estabelecimento de protocolos.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

Se você quiser ajudar a melhorar ainda mais o Deloitte.com, preencha o formulário Pesquisa de 3 minutos