Skip to main content

O desafio da descarbonização em 2030

O caminho para o futuro da energia

O mix global de energia está mudando de combustíveis fósseis para renováveis. Há muitos exemplos de organizações públicas e privadas trabalhando arduamente para descarbonizar a economia. À medida que essa transformação energética ou "Acordo Verde" ganha impulso, novos ecossistemas estão se formando e novas tecnologias estão surgindo. Esses desenvolvimentos estão ajudando a aumentar as energias renováveis, desenvolver novas fontes de energia, melhorar a eficiência energética, reduzir as emissões e criar novos mercados para o carbono e outros subprodutos como parte de uma economia cada vez mais circular. Ao mesmo tempo, muitas dessas etapas comumente buscadas para a descarbonização, como o aumento da eletrificação, o uso em larga escala de energia renovável e a intensificação das medidas de eficiência energética, representam desafios únicos.

Muitos participantes do setor de energia e recursos (E&R) declararam publicamente sua intenção de se tornarem neutros em carbono até 2050. Embora sua visão de longo prazo seja clara, o desafio mais desconcertante para as empresas de E&R reside no futuro imediato. Muitas empresas estão lutando para entender os impactos materiais que suas metas declaradas terão sobre suas avaliações, operações, profissionais e mercados nos próximos anos.

Este relatório explora como as empresas de determinados setores da indústria de E&R - produtos químicos, petróleo e gás, mineração e metais, e energia, serviços públicos e renováveis - podem acelerar a descarbonização na próxima década e atingir metas intermediárias significativas até 2030.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

If you would like to help improve Deloitte.com further, please complete a 3-minute survey