Skip to main content

Startup: relatórios financeiros e a importância da auditoria

Empresas em crescimento devem se atentar às demonstrações financeiras, sobretudo aquelas do setor de tecnologia, que possuem temas relevantes adicionais a serem considerados.

Por Marcio Cavalcanti, sócio de Auditoria & Assurance e especialista no atendimento à indústria de Tecnologia da Deloitte

Receba nossos conteúdos

Startups e suas estruturas administrativas

 

O mercado de tecnologia tem crescido em um ritmo exponencial. Hoje, segundo dados da Associação Brasileira de Startups, há mais de 12,7 mil startups no Brasil, com um crescimento médio anual de dois dígitos. Embora esse ritmo de crescimento seja positivo, também pode apresentar desafios em relação às estruturas administrativas dessas empresas – que podem não acompanhar esse progresso.

Como consequência, é comum que essas organizações tenham dificuldade em preparar informações contábeis e financeiras adequadas – o que pode expô-las a riscos fiscais e trabalhistas, prejudicando o desenvolvimento do seu plano de negócios (que inclui a captação de recursos com investidores) e sendo um entrave em um eventual processo de abertura de capital (também chamado de Oferta Pública Inicial ou IPO).

Um dos sintomas do não amadurecimento dessa estrutura administrativa é representado pelo acúmulo de atividades administrativas nas mãos do(s) fundador(es) – além de serem responsáveis pelas negociações de contratos com fornecedores, funcionários, novos executivos, investidores; e pelas atividades relativas à aquisição e venda de empresas.

Por falta de conhecimento específico em temas contábeis e tributários, os aspectos críticos desses contratos e transações – que podem causar impactos relevantes nas demonstrações financeiras da organização – não são capturados adequadamente. Isso também pode ocorrer pela incorreta percepção de que informações contábeis e financeiras de qualidade são um “acessório opcional” para empresas neste estágio (startups) e que, no momento certo, poderão ser obtidas com pouco esforço. Infelizmente, nossa experiência demonstra que nem sempre é assim.

 

Desafios na obtenção de investimentos e no tempo de preparo das informações financeiras

À medida em que as startups crescem e passam a buscar por fontes externas de financiamentos, é comum que os potenciais investidores solicitem por demonstrações financeiras auditadas. Nada mais justo, uma vez que essas demonstrações são utilizadas para avaliar a saúde financeira do possível novo investimento, além de validar o discurso apresentado pela organização. Contudo, se a elaboração de demonstrações financeiras auditadas não estava no radar da administração até este momento, agora elas podem se tornar um empecilho para a obtenção dos esperados recursos.

Já observamos casos de empresas em um estágio pré-IPO, mas que ainda não possuem demonstrações financeiras auditadas – é quando inicia-se uma corrida contra o tempo, em que questões contábeis e fiscais relevantes podem surgir pela primeira vez e, às vezes, o tempo necessário para resolvê-las pode comprometer a programação do projeto como um todo.

Informações financeiras e contábeis confiáveis e de qualidade são fundamentais para o crescimento de uma empresa, sendo parte estratégica para fundadores, investidores e demais stakeholders. Nesse sentido, o envolvimento tempestivo de uma auditoria com conhecimento específico na indústria de tecnologia evitará surpresas e aumentará as chances de sucesso dessa jornada.

Temas adicionais relevantes para startups do setor de tecnologia

 

Nesta jornada de crescimento existem alguns temas relevantes cujo correto tratamento contábil deve estar no radar de empresas do setor de tecnologia:

  • Reconhecimento de receitas, uma vez que os contratos celebrados com clientes podem conter complexidades sujeitas a julgamentos e estimativas.
  • Custos com desenvolvimento de software, que podem representar uma parcela relevante das despesas de uma empresa de tecnologia e que possuem requerimentos específicos para sua capitalização.
  • Acordos de pagamento baseado em ação, que têm se tornado um instrumento cada vez mais utilizado para atração e retenção de executivos.
  • Atenção aos riscos trabalhistas e previdenciários, que podem surgir dependendo dos diferentes modelos de contratação utilizados (colaboradores terceirizados, pessoas jurídicas, freelancers, entre outros).

Informações financeiras e contábeis confiáveis e de qualidade são fundamentais para o crescimento de uma empresa, sendo parte estratégica para fundadores, investidores e demais stakeholders. Nesse sentido, o envolvimento tempestivo de uma consultoria de auditoria com conhecimento específico na indústria de tecnologia evitará surpresas e aumentará as chances de sucesso dessa jornada.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

If you would like to help improve Deloitte.com further, please complete a 3-minute survey