Skip to main content

Como gerenciar a cibersegurança quântica

Agilidade criptográfica para proteção de dados

Artigo desenvolvido pela Deloitte com o Fórum Econômico Mundial analisa como as organizações poderão proteger seus dados quando computadores quânticos se tornarem realidade e ameaçarem algoritmos criptografados.

Embora possa parecer distante da realidade, a era quântica já
tem implicações concretas para diversos segmentos e indústrias. Os
desenvolvimentos mais recentes na aplicação de mecânica quântica, especificamente no campo da informática, devem permitir que organizações acelerem processos matemáticos complexos, geralmente usados em pesquisa e desenvolvimento, data science, e outras atividades que demandam uma capacidade poderosa de processamento.

No entanto, esses avanços em computação trazem também uma ameaça
a algoritmos criptografados que têm a complexidade matemática como base para garantir sua segurança. Isso significa que algumas formas de criptografia serão facilmente corrompidas com computadores quânticos. As organizações precisam repensar como elas usam a criptografia em suas diferentes atividades – como transações online, sistemas seguros de mensagens e assinaturas digitais – para que possam se manter seguras no futuro.

 O tema está longe de ser simples. Não somente a transição para a criptografia pós-quântica deve levar anos, cientistas ainda não sabem exatamente quando os computadores serão poderosos o suficiente para quebrar a criptografia existente. Isso traz um dilema para líderes responsáveis por segurança
cibernética: devemos investir em uma ameaça que ainda não é real? Por outro
lado, criminosos já estão planejando ataques para colher hoje dados que serão
decriptados mais tarde, quando os computadores quânticos estiverem prontos.

Especialistas da Deloitte e do Fórum Econômico Mundial avaliaram a ameaça da computação quântica para a segurança cibernética com o apoio de líderes de negócios, pesquisadores, reguladores e outros agentes do ecossistema
de negócios. Muitas organizações indicaram que precisam de mais orientações
sobre quando e como agir nesse sentido. Ao mesmo tempo, as empresas podem começar a se preparar criando consciência sobre o tema, garantindo apoio da liderança e desenvolvendo um planejamento inicial que inclua as diferentes soluções e tecnologias que precisarão ser adaptadas quando o momento certo chegar.

É preciso considerar como a ameaça quântica afeta todo o ecossistema e as diferentes indústrias. Uma rede de cooperação entre organizações pode impulsionar a maturidade para enfrentar essa situação e ajudar a mitigar
riscos em toda a cadeia de negócios.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

If you would like to help improve Deloitte.com further, please complete a 3-minute survey