Pular para o conteúdo principal

Coco Bambu

Auditoria de ponta a ponta

O Coco Bambu é um exemplo de empresa que enxerga a governança como oportunidade. Apesar de contar com 65 unidades espalhadas em 18 estados do País, a rede de restaurantes não abre mão de ter um "olhar de dono" em cada uma delas, de modo que possuem sócios-proprietários responsáveis pela execução de todos os processos e controles definidos pelos sócios fundadores e pelas equipes de auditoria interna.

Esse acompanhamento próximo certamente contribuiu para que a empresa alcançasse um faturamento de R$ 1,2 bilhão em 2021. Mas o caminho não foi fácil. A empresa começou bem mais simples, em 1990, com uma pastelaria em Fortaleza chamada “Dom Pastel”, fundada pelo casal Afranio e Daniela Barreira, que desde o início obteve boa adesão da população local, se tornando um grande sucesso no segmento da cidade. A unidade continua em operação até os dias atuais, no mesmo endereço. Hoje, foi modernizada e passou a incorporar o cardápio do Coco Bambu, mas continua vendendo os pastéis com a mesma receita e qualidade original de 1990.

O primeiro restaurante chamado Coco Bambu foi inaugurado apenas em 2001, trazendo uma decoração praiana-tropical, que ao longo dos anos foi sendo modernizada para a arquitetura elegante hoje existente em todas os restaurantes. O primeiro Coco Bambu se tornou sucesso imediato para os turistas e público local. Hoje, além dos restaurantes de frutos do mar – carro-chefe do negócio – a empresa criou o Vasto, no segmento de carnes, e o Coffee Break Coco Bambu, uma cafeteria que inaugurou sua primeira unidade em fevereiro de 2022.

Ficamos muito honrados com a premiação logo na primeira edição do programa no Brasil. Vamos continuar aprimorando nossos processos de acordo com as conversas que tivemos com os coaches da Deloitte com o objetivo de conquistar o selo todo ano”, Samuel Polastrini, sócio do Coco Bambu.

Em 2020, após o setor de bares e restaurantes ser fortemente prejudicado pelo fechamento dos comércios em decorrência da pandemia, o Coco Bambu mostrou resiliência para continuar cuidando de suas finanças de maneira soberana, criando um software para rodar grande parte da auditoria de maneira remota.

Paralelamente, a empresa tem investido em inovação e mantém uma equipe de tecnologia dedicada a implementar ferramentas de gestão nas lojas e no aplicativo de delivery que detém.

A meta do Coco Bambu para os próximos anos é seguir levando qualidade – o principal pilar da empresa – aos clientes, além de aprimorar os principais processos de gestão e de controle que trouxe a empresa ao patamar atual. O Coco Bambu tem em seu DNA o crescimento contínuo por meio de um trabalho duro – as conquistas vêm como consequência.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

Se você quiser ajudar a melhorar ainda mais o Deloitte.com, preencha o formulário Pesquisa de 3 minutos