Pular para o conteúdo principal

Technology, Media & Telecommunications

Gerando valor por meio da sustentabilidade

Para entender melhor o papel do setor de Tecnologia, Mídia & Telecomunicações (TMT) nas questões ambientais, sociais e de governança (ESG) mais urgentes da atualidade, a Deloitte está entrevistando líderes do setor, investidores, especialistas e formuladores de políticas para destacar as melhores práticas de ESG em todo o ecossistema.

Em conversa com Dorothee D'Herde, Diretora de Negócios Sustentáveis do Grupo Vodafone

Em conversa com Dorothee D'Herde, Diretora de Negócios Sustentáveis do Grupo Vodafone

Durante esta entrevista, Ariane Bucaille, Líder Global do Setor de TMT da Deloitte, tem uma conversa esclarecedora com Dorothee D'Herde, Diretora de Negócios Sustentáveis do Grupo Vodafone.

A Vodafone estabeleceu metas ambiciosas para a sustentabilidade. Para atingir essas metas, a empresa busca:



  1. Manter a lucratividade por meio de práticas comerciais responsáveis, governança sólida e liderança eficaz.
  2. Aproveitar as eficiências em itens de despesas, como o uso de energia.
  3. Encontrar novos pools de valor por meio da inovação e de novas ofertas de produtos.

A empresa pode citar vários exemplos em que esses princípios foram colocados em prática.

Na África e na Turquia, onde existem grandes lacunas de gênero na telefonia móvel, a Vodafone pretende conectar mais trinta milhões de mulheres às suas redes até 2025. O caso de negócios reside no fato de que as mulheres têm taxas de rotatividade mais baixas e são mais propensas a recomendar a Vodafone a outras pessoas. Foi demonstrado que uma maior conectividade leva a melhores resultados sociais em saúde, educação e inclusão financeira. A Vodafone também patrocina um serviço que envia às mães mensagens de texto com informações sobre cuidados infantis.

A popularidade da M-Pesa, uma plataforma de pagamento móvel, faz dela uma importante fonte de receita para a Vodafone, especialmente na África. Os serviços ajudaram muitas mulheres a deixar a agricultura de subsistência e melhorar suas perspectivas

Os serviços Digital for Green da Vodafone ajudam os clientes corporativos a reduzir as emissões de carbono por meio de aplicativos que podem ter como alvo a energia, a logística e a agricultura. Em Guadalajara, a Vodafone conectou 13.000 luzes LED a sistemas inteligentes, resultando em uma redução de 68% no uso de energia.

 

O envolvimento com stakeholders externos aumentou nos últimos anos, pois os investidores valorizam mais os fatores de ESG. As solicitações de informações são mais frequentes e mais completas como parte de análises rigorosas dos riscos e oportunidades apresentados pelo ESG. O interesse em ESG também é alto entre os órgãos reguladores (por exemplo, a União Europeia), os clientes corporativos da Vodafone, os funcionários e a sociedade civil.

Medir o impacto das iniciativas ESG continua sendo difícil, mas a Vodafone tem trabalhado para melhorar sua compreensão do impacto de seus produtos. Por exemplo: um projeto no Reino Unido forneceu meio milhão de sims de dados para escolas cujos alunos não puderam ficar on-line durante o lockdown. O impacto foi medido em termos de dias de aula que, de outra forma, teriam sido perdidos.

A Vodafone estabeleceu metas de emissões para seus fornecedores. Para isso, as pontuações ESG agora contam 20% em sua avaliação de novos fornecedores. Eles estão trabalhando com seus maiores fornecedores para incentivá-los a se juntar à Vodafone em suas metas de emissão líquida zero.

A Covid e o clima têm sido responsáveis por impulsionar novas formas de pensar sobre ESG, incluindo a colaboração entre empresas e com órgãos das Nações Unidas (ONU), ONGs e outros. Recentemente, a Vodafone colaborou com a ONU para melhorar o acesso ao telefone a preços acessíveis. "Change the Face" é uma aliança do setor que promove a diversidade. Embora cada uma delas seja diferente, todas começam com objetivos claros para obter resultados tangíveis.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

Se você quiser ajudar a melhorar ainda mais o Deloitte.com, preencha o formulário Pesquisa de 3 minutos