Pular para o conteúdo principal

Redução de emissões de carbono na indústria química

Impulsionando o crescimento e aumentando a competitividade

A indústria química é crucial na construção de uma economia global sustentável – 96% de todos os bens manufaturados são afetados diretamente pelo setor, que fornece materiais críticos para outras grandes indústrias. Mesmo enfrentando o desafio de reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) para “descarbonizar”, não é desejável “desmaterializar”, mas sim usar os materiais de forma mais eficiente para sustentar e promover a condição humana.

Mais de duas gigatoneladas de gases de efeito estufa são emitidas por ano globalmente. A pegada de GEE da indústria química dos EUA é de mais de 200 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono equivalente (MtCO2e) por ano. O crescimento inerente aumenta o desafio que, na ausência de soluções de redução, levará a uma duplicação das emissões de GEE da indústria em cerca de 30 anos.

Para acelerar seu ritmo de inovação de baixo carbono, os fabricantes de produtos químicos e materiais precisarão adotar novas tecnologias, aproximar-se dos mercados finais e assumir um papel de liderança no trabalho dentro e entre as cadeias de valor para fornecer produtos e soluções de baixo carbono.

Reduzir as emissões de carbono não é apenas um desafio, mas também uma oportunidade, potencialmente abrindo caminhos para as empresas químicas capturarem valor adicional. A experiência que reside nas ciências químicas também será necessária para resolver os desafios associados à redução dos efeitos adversos das mudanças climáticas. Se bem-sucedida, a redução das emissões de GEE em produtos químicos também terá o benefício adicional de reduzir as emissões de escopo 3 de todos os clientes downstream.

A demanda por produtos mais sustentáveis está aumentando à medida que os clientes buscam alcançar suas ambições ambientais, sociais e de governança (ESG). Isso está impactando as decisões de compra para incluir elementos como intensidade de emissão, reciclabilidade no final da vida útil e conexões com o ecossistema. O desenvolvimento de um portfólio de produtos sustentáveis estará no centro de uma empresa química de sucesso, especialmente em mercados finais onde o impacto das emissões do escopo 3 é maior, como consumo, transporte, construção e eletrônicos.

Para aproveitar esta oportunidade, as empresas químicas devem trabalhar ativamente em suas cadeias de abastecimento e com os clientes do mercado final para garantir que suas ofertas estejam posicionadas para apoiar as metas de sustentabilidade. Seu objetivo deve ser trazer produtos cada vez mais baixos e sem carbono para o mercado, o que ajudará os parceiros do ecossistema a fazer a transição para soluções de emissões mais baixas e impulsionar o crescimento de longo prazo.

Alcançar emissões líquidas zero em toda a cadeia de valor exigirá não apenas investimento de capital e transformação de negócios, mas também novos tipos de parcerias com os principais grupos de partes interessadas. O setor, por meio de um esforço coordenado em toda a cadeia de valor, pode dar grandes passos no desenvolvimento de uma economia circular. A indústria está em uma posição única para agregar demanda (para resíduos pós-consumo, combustíveis alternativos etc.) e oferta (de materiais reciclados avançados, hidrogênio limpo etc.), eliminando assim insumos de base fóssil e reduzindo emissões.

Haverá oportunidades para novos modelos de negócios e mercados totalmente novos poderão ser formados como resultado de uma economia mais circular e com menos emissões. Na verdade, as empresas que são “líderes em sustentabilidade” têm quatro vezes mais chances de serem reconhecidas como líderes em inovação em classificações separadas e independentes. De fato, há um grande potencial para empresas químicas e de materiais ingressarem nessas classificações. A indústria tem uma oportunidade “tríplice” de reduzir suas emissões de escopo 1 e escopo 2 e as emissões de escopo 3 do mercado final.

Para entender como a indústria química pode desenvolver soluções holísticas e sustentáveis, leia o relatório completo.

Did you find this useful?

Thanks for your feedback

Se você quiser ajudar a melhorar ainda mais o Deloitte.com, preencha o formulário Pesquisa de 3 minutos