Skip to main content

Third-Party Management

Gestão holística das relações com third-parties

Enhancing visibility | Realising value | Meeting ESG commitments

As abordagens à gestão de terceiros não conseguiram, de um modo geral, acompanhar a rápida expansão das redes de terceiros e o seu papel no sucesso da organização. Entretanto, a maioria das organizações aumentou a sua dependência de terceiros, que agora incluem não só fornecedores de bens e serviços, mas também filiais e parceiros de empresas comuns, organizações de I&D e canais de vendas, entre outros. Nas organizações que dependem fortemente de terceiros, até 80 por cento dos custos operacionais diretos e indiretos e 50 a 100 por cento das receitas podem ser atribuíveis a relações com terceiros, com base numa análise da Deloitte com dados compilados a partir de pesquisas realizadas pelo Institute of Collaborative Working, Hiperos e Deloitte.

Descarregue a brochura sobre third party management

Os processos TPM estão fortemente integrados nos domínios funcionais

e utilizam processos ad hoc no âmbito de silos funcionais para implementar programas individuais em vez de processos coordenados normalizados. Consequentemente, a organização não consegue obter sinergias ou conetividade significativas entre as aplicações relacionadas com o sourcing, as aquisições, a gestão do risco, a gestão do ciclo de vida dos contratos, a monitorização contínua e outras atividades de TPM.

Uma perspetiva holística sobre terceiros abrange todo o ciclo de vida do TPM - desde o sourcing, aquisição e contratação até à monitorização, processamento financeiro e tomada de decisões executivas - em todas as relações com terceiros. Esta perspetiva, e a abordagem integrada que promove, está a tornar-se um pré-requisito para aumentar a eficiência, reduzir custos e cumprir os compromissos ESG. Estes benefícios são obtidos através da agregação de oportunidades de melhoria de desempenho e da criação de sinergias nos processos de TPM.

A gestão isolada de terceiros apresenta uma série de desafios e oportunidades. Os desafios prendem-se sobretudo com custos excessivos, falta de visibilidade e comprometimento das capacidades operacionais e de resposta aos riscos. As oportunidades decorrem de informações mais atempadas, precisas e acionáveis sobre terceiros e de uma maior eficiência e eficácia na gestão de terceiros.

À medida que a rede de terceiros de uma organização cresce em termos de tamanho, gastos e importância estratégica, o caso de negócios para integrar o TPM torna-se mais forte. Os benefícios do TPM integrado incluem custos reduzidos, maior valor para os acionistas, maior capacidade de resposta a mudanças e crises, e melhor desempenho (e perceções) ESG.

O argumento comercial para o TPM integrado está estreitamente alinhado com o argumento para a digitalização. A investigação da Deloitte sobre a maturidade digital encontrou uma forte ligação entre a maturidade digital de uma organização e o seu desempenho financeiro. Esse desempenho elevado é impulsionado pelo domínio dos dados, por uma infraestrutura de IT flexível mas segura e por fluxos de trabalho ligados e racionalizados.

A solução integrada da Deloitte consolida dados de terceiros extraídos de sistemas TPM existentes e, quando útil, de fontes externas. Em seguida, aplica a análise a esses dados para gerar conhecimentos acionáveis e apoiar a tomada de decisões estratégicas. Esta solução pode ligar software e plataformas díspares e apoiar qualquer indivíduo ou função com um papel na TPM, bem como executivos sénior responsáveis pelo crescimento e valor da empresa.

Modelo de Maturidade TPM

Muitas organizações chegam à fase de "desenvolvimento", mas depois têm dificuldade em avançar para a integração dos seus sistemas de TPM. A Deloitte pode ajudar essas organizações com uma forma mais inteligente de acelerar o percurso para a integração de TPM utilizando tecnologias como UI e UX juntamente com uma camada analítica para ultrapassar esta barreira. Esta abordagem integrada pode então ser melhorada complementando-a com uma plataforma de serviços geridos, quando apropriado.

Os processos TPM estão fortemente integrados em domínios funcionais e utilizam processos ad hoc no âmbito de silos funcionais para implementar programas individuais, em vez de processos coordenados normalizados.​

Existemalguns indícios de alinhamento e coordenação entre processos específicos de TPM, embora de forma inconsistente em todo o processo e na organização.​

Os processos de TPM estão alinhados e coordenados em toda a organização, com capacidades maduras utilizadas para alcançar o domínio dos dados através da agregação de dados em silos e sistemas relacionados.​

Paraalém de estar integrado, o desempenho do processo é continuamente melhorado através de melhorias tecnológicas incrementais e inovadoras.​