This site uses cookies to provide you with a more responsive and personalized service. By using this site you agree to our use of cookies. Please read our cookie notice for more information on the cookies we use and how to delete or block them.

Bookmark Email Imprimir esta página

O novo Sistema de Normalização Contabilísica

A adopção do SNC faz-se num contexto em que cada vez mais países estão a acolher as IFRS como modelo de relato financeiro de referência. Existe um claro processo global de convergência das normas de relato financeiro em torno das IFRS. Sintomático deste processo é o esforço crescente de aproximação que se tem registado entre o organismo responsável pela emissão de normas contabilísticas e de relato financeiro nos Estados Unidos da América – Financial Accounting Standards Board (“FASB”) e o organismo responsável pela emissão das IFRS – International Accounting Standards Board (“IASB”).

A entrada em vigor do SNC ocorrerá em 1 de Janeiro de 2010, pelo que os desafios de adaptação a uma estrutura de relato financeiro conceptualmente muito distinta do Plano Oficial de Contabilidade (“POC”) não podem ser adiados. Sendo tais desafios particularmente exigentes para o vasto universo de entidades do nosso país que nunca estiveram em contacto com as IFRS, não são exclusivos das mesmas. Estendem-se igualmente às demais entidades que relatam, às autoridades fiscais, aos reguladores, aos auditores, às instituições financeiras, às universidades e aos analistas financeiros.

A adopção do SNC é, de facto, uma mudança de paradigma, onde conceitos simples terão de ser profundamente repensados. A título de exemplo, destaca-se o conceito de documento contabilístico. Com a adopção do novo normativo, o conceito de documento contabilístico ou de suporte aos registos e ao relato financeiro passa a ser muito mais abrangente, incluindo um conjunto vasto de memorandos e documentação relacionada, como resposta aos formalismos documentais impostos pelo novo normativo.

A experiência tem demonstrado que a transição para uma nova estrutura de relato financeiro beneficia muito com a colaboração entre as várias partes afectadas pelo fenómeno. É neste sentido que a Deloitte cria o presente fórum de partilha de informação. Neste fórum todos são convidados a enviar comentários e a partilhar experiências. Os visitantes do fórum poderão ainda aceder a informação relevante e actual, relacionada com a temática do SNC, que a Deloitte disponibiliza.

A Deloitte acredita poder ser uma mais-valia no processo de divulgação do SNC, em virtude da vasta experiência nas IFRS e no SNC que os seus profissionais têm e do conjunto abrangente de valências que possuem.