This site uses cookies to provide you with a more responsive and personalized service. By using this site you agree to our use of cookies. Please read our cookie notice for more information on the cookies we use and how to delete or block them.

Bookmark Email Imprimir esta página

Atlas da Hotelaria 2012

Deloitte lança Atlas da Hotelaria 2012

Um total de 1.508 empreendimentos turísticos, que representam perto de 119 mil unidades de alojamento, compõe o tecido hoteleiro português que este ano, e essencialmente, por via do efeito da reconversão da oferta turística nacional decorrente do novo regime jurídico dos empreendimentos turísticos, apresenta um acréscimo de cerca de 90 empreendimentos. Esta é uma das principais conclusões do Atlas da Hotelaria 2012, que reporta a 31 de Dezembro de 2011, realizado anualmente pela Deloitte.

De acordo com o estudo da hotelaria em Portugal, o mercado português continua a caracterizar-se pela forte segmentação com 63,3 por cento das unidades de alojamento a integrarem  grupos hoteleiros/ entidades de management e 36,7 por cento a pertencerem a empresários independentes.

A liderar o ranking, o grupo Pestana Hotels & Resorts / Pestana Pousadas, desde 2007, o detentor do maior número unidades (6.483), seguido dos grupos Vila Galé Hotéis (3.808), Accor Hotels (2.890), Tivoli Hotels & Resorts (2.453) e VIP Hotels (2.312).

Estas posições não têm vindo a sofrer alterações, o que revela a realidade global do mercado português. De acordo com Jorge Marrão, partner da Deloitte, “no que respeita à área das fusões e de aquisições revela estar bastante condicionada pela liquidez do mercado financeiro. Apesar de em termos internacionais observarmos alguma dinâmica, em termos nacionais estão relativamente calmas, não se tendo registado nos dois últimos anos grandes operações. A intervenção externa afastou alguns investidores internacionais de Portugal, que agora começam a olhar novamente para as oportunidades de investimento”.

Em termos de tipologia de empreendimentos turísticos continuam a predominar em Portugal os hotéis (67 por cento),  com um ligeiro acréscimo face ao ano anterior quando representavam 64 por cento do mercado. Por outro lado, verificou-se uma ligeira redução da representatividade dos apartamentos turísticos (de 15 por cento para 13). Relativamente às restantes tipologias de empreendimentos turísticos as alterações foram pouco significativas.

De acordo com Atlas da Hotelaria 2012 da Deloitte, no que respeita à categoria dos empreendimentos turísticos, dominam os três e quatro estrelas que representam mais de metade do total do mercado, respectivamente, com 40 e 35 por cento. A terceira posição continua a ser ocupada pelos empreendimentos de duas estrelas (com 13 por cento). Os empreendimentos com classificação de uma estrela elevam a sua representatividade para 2 por cento (antes 1 por cento). Os empreendimentos de cinco estrelas e as pousadas mantêm a mesma proporção.

Quanto à distribuição por NUTS II, as posições mantêm-se. O Algarve continua a liderar com 27 por cento de concentração dos empreendimentos turísticos (402), seguido do Norte (20 por cento correspondentes a 305 empreendimentos), Centro (18 por cento correspondentes a 279), e Lisboa (15 por cento correspondentes a 226). A região autónoma da Madeira e o Alentejo mantêm os oito por cento da fatia do mercado e a região autónoma dos Açores os quatro por cento, segundo os dados do Atlas da Hotelaria 2012.

De uma análise macro do sector hoteleiro, “o aumento da concorrência, a pressão sobre os preços e a deterioração de margem obrigam a melhorar a eficiência dos hoteleiros. Neste contexto, é expectável que nos próximos anos haja uma tendência de concentração, através de aquisições ou de contratos de arrendamento ou de gestão”, segundo Jorge Marrão, partner da Deloitte.

O especialista sublinha ainda que, “a diferenciação é o caminho para evitar a concorrência directa de preços. A forte pressão sobre os preços da hotelaria, nomeadamente da associada ao produto Sol&Mar só poderá ser minimizada se houver inovação na abordagem ao mercado e uma diferenciação do serviço prestado”.

 

Última actualização: 

Contactos

Nome:
Marketing
Empresa:
Deloitte & Associados, SROC, S.A.
Posição:
Telefone:
Email
ptcorporatemarketing@deloitte.pt